fbpx

A palavra radiestesia vem do latim “radium” (radiação) e do grego “aestesis” (percepção, sensibilidade). Uma ciência milenar.

Na China, 2 mil anos antes da nossa era, os radiestesistas já usavam essa arte para encontrar fontes de água, minérios e também na agricultura. Roma foi construída sobre um lugar escolhido por radiestesistas etruscos que determinou a zona de influência mais favoráveis para a implantação da cidade. Mas como tudo que já foi de conhecimento e evolução do homem na Terra, foi proibido pela Igreja durante a Idade Média e confundido com as práticas de magia negra. A partir de 1546, começaram a usar novamente as forquilhas de madeira para exploração do subsolo em toda a Europa.

Para que serve a Radiestesia?

É uma prática que permite encontrar respostas s quase todas as perguntas. Sendo pela força da natureza, que tudo é energia, basta perguntar e a força positiva ou negativa é apontada pelo instrumento radiestésico. É um caminho espiritual que permite buscar dentro de si todas as respostas desejadas. Desenvolve-se assim, de forma orientada, a percepção humana na análise de todas as radiações que interferem na vida dos seres que habitam o planeta.

work01

Para a percepção de energias o radiestesista usa instrumentos, como pêndulo, Aurameter, e Dual Road; gráficos indicadores, como o Biômetro de Bovi, e reequilibradores energéticos. Pode ser usada em todos os campos do conhecimento e ciências da vida, geobiologia, hidromineral, engenharias, telerradiestesia (usada para busca de pessoas e objetos perdidos).

Radiestesia Clínica

É praticada em muitos países europeus como forma de detectar e analisar desequilíbrios energéticos no campo de energia do corpo humano. Estes desequilíbrios geralmente são a causa das mais diversas formas de doenças que acometem o organismo. O pêndulo permite encontrar respostas dentro do DNA de até 11 gerações de nossa ancestralidade. Por exemplo, o Campo aberto para cura a chamada de Constelação Familiar, na qual é feita a cura de processos de doença que carregamos há muitas gerações. Assim como podemos usar na prospecção de remédios e tratamento adequados, também permite sintonizar com o manancial da consciência coletiva.

Trabalhar com energia requer preparo, estudos e dedicação, desaconselhamos o uso de pêndulo para brincadeiras mal-intencionadas, pois trata-se de instrumento de trabalho. A forma de uso inapropriada pode causar acidentes devido a ondas magnéticas invertidas e negativas de radiação de tecnologias modernas e do solo com problemas de fendas (Gás radônio), esgotos, e outras energias telúricas (Linhas Hartmann e Linhas Curry).

Uma dica: consulte seu gato, onde ele se deita geralmente tem energia negativa, que eles transmutam em energia positiva, mas não o suficiente para evitar que o ser humano fique doente; já o seu cão só deita onde tem energia positiva, então pode colocar sua cama nesse local.

Magnetoterapia

Nosso corpo não funciona apenas por reações químicas, mas também por interações eletromagnéticas. A pesquisa biomédica explica que a grande maioria das substâncias bioquímicas dentro de nossos corpos são, na verdade, os íons eletroquímicos. Eles têm cargas positivas ou negativas e produzem campos eletromagnéticos. Os sinais produzidos pelos nervos são o exemplo mais conhecido de como o corpo usa íons eletroquímicos.

Equilíbrio de íons positivos (sódio, potássio) e íons negativos (cloreto, cálcio) em torno dos nervos mantém uma carga ligeiramente negativa. Quando acionado, o saldo de íons varia, tornando-se positiva. Isso envia um sinal de dor ao cérebro. E o mais fascinante é que esses íons podem ser influenciados por forças magnéticas externas. A Terra funciona como um grande bloco de imã, e a energia que recebe tem o nome de geomagnetismo, que atua de maneira benéfica sobre todos os seres vivos, com a função primordial de manter nossa saúde. Mas com o aparecimento do asfalto, do concreto, dos calçados de borracha e de plástico, dos automóveis, etc. perdemos o contato com a Mãe Terra e perdemos também nossa saúde.

Com imãs de ferro próprios para esse tratamento podemos curar os mais diversos problemas de saúde, como fibromialgia, dores nas articulações, esporão de calcâneo, joanete, reumatismo, artrites, bursites, tendinites, pressão alta ou baixa, cólicas, dores na coluna e estresse em geral. Contraindicação para portadores de marca-passo, válvulas no cérebro e dependentes de hemodiálise. Práticas usadas por Marilda Souza na consulta de Aromaterapia.

Tem interesse? Preencha o formulário

Conheça nossa loja e saiba mais sobre os benefícios da Radiestesia e Magnetoterapia

Enviar mensagem
Dúvidas?